Vida de Internauta

Dicas, links úteis, humor, piadas e muito mais.

Salvem Ingrid Betancourt

Posted by Carlos Alberto em março 1, 2008

Que tipo de ideologia é essa que faz com que uma pessoa sofra longe da família?

Que tipo de legado essa ideologia vai deixar para o futuro?

Que é bonito ser assassino? Seqüestrar uma pessoa é desculpa para uma revolução?

O que Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia estão esperando para libertar

a ex-candidata presidencial franco-colombiana Ingrid Betancourt?

Até o presidente da França, Nicolas Sarkozy entrou no processo para libertá-la.

O que mais estão esperando?

Liberdade já!

112_2930-ingrid

Que ela volte para a família logo.

Não deixe de comentar e volte sempre!

Carlos Alberto

3 Respostas to “Salvem Ingrid Betancourt”

  1. Brigadeirão said

    Pois é, estou chocada com isso também.
    Um exemplo vergonhoso para o resto do mundo…

    Bjos e blog pra frente! rs

  2. palmira said

    Ingrid Betancourt – “ Raiva no Coração”

    A 23 de Fevereiro de 2002 Ingrid Betancourt foi raptada pelas FARC –Forças Armadas Revolucionárias Colombianas. Ingrid Betancourt de 42 anos, à data do rapto estava em campanha eleitoral para a presidência da Republica da Colômbia e era Senadora do Governo Colombiano, eleita pelo partido “Oxigénio” que fundou e ao qual presidia. Ingrid Betancourt recebeu a educação em Paris onde seu pai foi embaixador, e pela sua casa passaram diversas personalidades do panorama político e cultural como Botero, Gabriel García Márquez e Pablo Neruda que discutiam o futuro da Colômbia e a influenciaram no amor ao seu país.
    Ingrid no seu livro “La Rage Au Coeur” (Raiva no Coração), vai relatar-nos na primeira pessoa, passo a passo, a turbulência política – sempre com muita corrupção à mistura, que se vive na Colômbia, onde as FARC são donas do poder, porque o dinheiro do narcotráfico fala mais alto. Há mais de 40 anos que a Colômbia está em guerra consigo mesmo! Do seu livro, diz Ingrid Betancourt na carta de apresentação: “Devo muito à França… Este livro escrito em francês, é para mim um modo de manter esse laço. Quero contar o meu combate, ao país que me ensinou a Democracia e a Liberdade. Tenho o sonho de instaurar na Colômbia uma Democracia como a francesa. Vós sabeis o quanto os cartéis da droga, essa droga que atormenta os nossos jovens, têm autoridade sobre nós. Vós ouvis falar algumas vezes dos crimes e escândalos políticos que eles provocam. Mas por detrás destas organizações mafiosas, existe o meu povo, um povo corajoso e digno que quer sair desta engrenagem infernal. Durante dez anos, lutei por ele. Por duas vezes, os Colombianos me elegeram, a última vez com a maior votação do país. A esperança está lá. Dizem-me sempre, que é um sonho impossível. Eu acredito que depois de lerem o meu livro, vós compreendereis a força do meu empenho. Os vossos pensamentos serão para mim um suporte moral indispensável… Sei que a máfia por duas vezes me tentou matar. Estou consciente do perigo, mas ele não me fará recuar. Irei até ao fim e a minha vitória será também a vossa. Não se ganha sozinho um combate desta amplitude.”- Bogotá, 10 de Janeiro 2001.
    Até agora, as negociações entre o governo colombiano e as FARC, mediadas pelo presidente da Venezuela Hugo Chávez, permitiram a libertação de alguns reféns, mas Ingrid continua prisioneira e muito doente.

    Como diz o editor francês Bernard Fixot “no dia em que encontrei Ingrid Betancourt foi para mim um grande momento. Em primeiro lugar, porque é uma mulher excepcional, uma heroína dos tempos modernos, já que raramente a sociedade ocidental classifica neste rol as mulheres… De seguida, porque ela dirige o seu combate, justamente com as armas da mulher, com uma coragem e determinação ferozes sem desejo algum de poder ou de vaidade.”
    Ler “ Raiva no Coração “ de Ingrid Betancourt é ficar a conhecer uma mulher da nossa época, que mesmo com ameaças de morte a si e à sua família, decidiu seguir o rumo que tinha traçado: tentar tirar a Colômbia das garras da corrupção. As FARC, são mais forte e por ora venceram. Mas é preciso que o Mundo faça ouvir a sua voz e se movimente para que Ingrid Betancourt e todos os que estão em poder das FARC sejam libertados!

    Palmira Marques (2008)

  3. nadia said

    eu ja li o livro Com raiva no coraçao, nao tempo palavras pa o descrever. Foi atraves deste livro que vi que ainda a gente com orgulho do seu pais capaz de colocar a sua propia vida e da sua familia em risco em prol do seu povo , com raiva no coraçao foi um dos melhores livros que eu ja li sem duvida …………… e espero que Ingrid seja libertada logo

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: